Índice Futuro: Análise do Médio Prazo 31/03/17

GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • O índice futuro ainda apresenta um alvo de ABCD em aberto no gráfico diário.
  • Já existem sinais de que o atual movimento de alta está ganhando força, porém a possibilidade de haver continuação da queda até o alvo principal do ABCD em 61.800 ainda não está descartada. Na verdade ainda permanece bem válida.
Índice Futuro (gráfico diário). ABCD com alvo em aberto.

Figura 1 – Índice Futuro (gráfico diário). ABCD com alvo em aberto.

 

GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • O mercado não respeitou o movimento harmônico e já fez uma perna de alta maior do que ele.
  • O índice futuro também rompeu acima de uma linha de tendência de baixa (minoritária).
  • Esses são dois sinais de alerta de que o movimento de alta está ganhando alguma força.
Índice Futuro (gráfico diário). Canal de baixa e movimentos harmônicos.

Figura 2 – Índice Futuro (gráfico diário). Canal de baixa e movimentos harmônicos.

 

GRÁFICO DIÁRIO (parte 3)
  • Um outro sinal de alerta é o fato do mercado ter rompido acima da chamada linha de pescoço do padrão ombro cabeça ombro.
  • Normalmente, um mercado com intenções de baixa deveria respeitar essa região e retomar a baixa a partir dela.
Índice Futuro (gráfico diário). Padrão ombro cabeça ombro.

Figura 3 – Índice Futuro (gráfico diário). Padrão ombro cabeça ombro.

 

GRÁFICO DE 180min
  • Essa é parte mais importante da atual análise. Embora existam sinais de alerta no gráfico diário, a possibilidade de haver continuação da queda ainda permanece válida. Veremos isso aqui.
  • Conforme falamos nas últimas análises do médio prazo, um movimento de alta pode acontecer até a região de 65.400 – 66.000 sem que ocorra invalidação de possibilidade de novas baixas. Perceba que o mercado chegou precisamente até essa zona e sentiu-a como importante resistência. Essa região compreende a área de resistência K dos 180min, R1S, R1Q e o alvo de 1.272 de um ABCD. Essa área deve ser respeitada caso o mercado tenha intenção de completar o ABCD do diário em 61.800 (mostrado na Figura 1).
  • Um rompimento sustentado acima de 65.400 – 66.000 praticamente invalida a possibilidade de haver continuação da queda no médio prazo.
Índice Futuro (gráfico de 180min).  Região de importante resistência.

Figura 4 – Índice Futuro (gráfico de 180min). Região de importante resistência.

 

ÍNDICE FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • Embora o atual movimento de alta tenha ganhado alguma força, ainda existe possibilidade de ocorrer uma queda até a região de 62.350 – 61.450.
  • Um rompimento sustentado acima de 65.400 – 66.000 invalida a possibilidade de cenário de baixa no médio prazo.
  • Lembrando que a ánalise do longo prazo nos mostra uma expectativa de alta. Portanto caso o mercado não faça um movimento de baixa e simplesmente continue subindo, isso estará em conformidade com a análise do longo prazo.

 

VÍDEO ANÁLISE

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Índice Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − sete =