Dólar Futuro: Análise do Longo Prazo 03/08/15

DÓLAR FUTURO – CONSIDERAÇÕES INICIAIS
  • É importante ressaltar que o dólar futuro praticamente já atingiu a zona de alvo que discutimos na última análise do longo prazo feita no início de maio/2015.
  • A partir de agora iremos tentar entender as principais possibilidades para o mercado.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO MENSAL
  • Há um impulso acima da três por três que até o presente momento é adequado para a formação de padrões direcionais.
  • Até agora não há nenhuma pista sobre qual padrão pode ser formado. Porém tendo em vista a força desse impulso seria preferível a formação de um padrão pão com manteiga de compra.
Figura 1 – Dólar Futuro (gráfico mensal). Impulso acima da três por três.

Figura 1 – Dólar Futuro (gráfico mensal). Impulso acima da três por três.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO SEMANAL (parte 1)
  • O mercado formou uma borboleta de baixa e já atingiu o seu alvo de 1.272 na área de 3.450. Repare que a resistência de cinco oitavos está exatamente nesse alvo e que essa área é próxima à resistência psicológica de 3.500.
  • Já que houve aceleração ao atingir o alvo de 1.272 é provável que o mercado alcance o alvo de 1.618 na região de 3.600.
  • Perceba que há divergência de baixa no MACD e isso é muito bom para uma perspectiva de queda que a borboleta de baixa sugere.
Figura 2 – Dólar Futuro (gráfico semanal). Borboleta de baixa.

Figura 2 – Dólar Futuro (gráfico semanal). Borboleta de baixa.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO SEMANAL (parte 2)
  • O dólar futuro está formando ABCDs cujos alvos importantes estão na região de 3.625 – 3.660. Tais alvos são muito próximos ao alvo de 1.618 da borboleta de baixa que vimos na Figura 2.
Figura 3 – Dólar Futuro (gráfico semanal). ABCDs.

Figura 3 – Dólar Futuro (gráfico semanal). ABCDs.

 

 

DÓLAR FUTURO – CONCLUSÃO DO LONGO PRAZO
  • O dólar futuro praticamente já atingiu o limite inferior da região de alvo que discutimos na última análise do longo prazo.
  • Elementos sugerem que o mercado pode continuar subindo até a área de 3.600 – 3.655.
  • Houve a formação de um padrão de reversão no gráfico semanal e isso sugere que haverá um topo de longo prazo, se esse padrão funcionar é claro. Como o primeiro alvo desse padrão já foi atingido pode haver um movimento de baixa de início imediato.
  • O rompimento sustentado acima de 3.655 com consequente falha do padrão de reversão no gráfico semanal indicaria força extrema no mercado e teria importantes consequências de alta, pondendo levar o mercado a cotinuar subindo fortemente. Fato semelhante ocorreu em fevereiro/2015.

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Dólar Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezessete =