Índice Futuro: Análise do Médio Prazo 23/05/16

ÍNDICE FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • O índice futuro rompeu abaixo de uma cunha ascendente (baixista) e iniciou um movimento de baixa. Isso era esperado devido a análise do longo prazo que sugeria que algum movimento de baixa estava por vir.
  • A cunha foi acompanhada de divergência de baixa importante no MACD.
Figura 1 – Índice Futuro (gráfico diário).  Cunha ascendente (baixista).

Figura 1 – Índice Futuro (gráfico diário). Cunha ascendente (baixista).

 

 

ÍNDICE FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • O movimenta-se no ABCD mostrado abaixo. Seu alvo minoritário já foi atingido e agora o mercado está abaixo dele.
  • Tudo indica que o alvo principal do ABCD será atingido na região de 49.100.
  • Nas proximidades dessa região temos também PA, PQ e S1M. Perceba que PA e PQ foram rompidos para cima e agora podem funcionar como suporte.
  • Sendo assim, a faixa de 49.700 – 48.800 será um suporte importante para o mercado.
  • Há também um alvo do ABCD que fica mais abaixo, em 47.800. Esse alvo fica na segunda área de suporte K do diário, que por sua vez também fica na mesma região da sobrevenda do semanal (não mostrada no gráfico). Para o ponto de vista de uma alta, seria bom que o mercado fizesse uma baixa até essa região para depois continuar o movimento de alta.
Figura 2 – Índice Futuro (gráfico diário).  ABCD e principais regiões de suporte.

Figura 2 – Índice Futuro (gráfico diário). ABCD e principais regiões de suporte.

 

 

ÍNDICE FUTURO – GRÁFICO DE 180min
  • Aqui vemos o mesmo ABCD da Figura 2 em maior detalhe. Perceba que o alvo principal do ABCD fica também na zona de S1S, fato que vai adicionar ainda mais suporte a essa região caso seja atingida.
Figura 3 – Índice Futuro (gráfico de 180min).  ABCD maior detalhe, mostrando região do primeiro suporte.

Figura 3 – Índice Futuro (gráfico de 180min). ABCD maior detalhe, mostrando região do primeiro suporte.

 

 

ÍNDICE FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • O índice futuro vem fazendo um movimento de baixa que está sendo tratado como retração dentro do longo prazo.
  • O alvo mínimo provável fica na região de 49.100.
  • Toda a faixa de 49.700 – 48.800 tende a ser suporte importante para o mercado.
  • Um segundo alvo fica em 47.800, sendo que toda a região de 47.900 – 46.900 também tende a ser suporte significativo.
  • Caso a alta seja reiniciada antes de atingir os prováveis alvos, isso estará de acordo com a continuação da alta no longo prazo.

 

 

ÍNDICE FUTURO – VÍDEO ANÁLISE

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Índice Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =