Café Futuro: Análise do Médio Prazo 28/07/15

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • O café futuro (café arábica 4/5) encontra-se dentro de um canal de baixa do médio prazo. Enquanto o mercado permanecer dentro desse canal a expectativa é de baixa. Para que aconteça alguma alta essa sequência de topos e fundos descendentes precisa ser quebrada.
Figura 1 – Café Futuro (gráfico diário). Canal de baixa.

Figura 1 – Café Futuro (gráfico diário). Canal de baixa.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • O mercado está formando uma cunha descendente, um padrão de alta.
  • Perceba que a cunha é acompanhada de divergência de alta no MACD, o que é muito bom para uma perspectiva de alta.
  • Essa cunha também pode ser vista no gráfico semanal conforme discutido na última análise do longo prazo.
Figura 2 – Café Futuro (gráfico diário). Cunha descendente.

Figura 2 – Café Futuro (gráfico diário). Cunha descendente.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 3)
  • Parece estar havendo a formação de um padrão de três movimentos de alta. Seu alvo fica na região de 151,00 – 149,00.
  • Na mesma zona de alvo do padrão de três movimentos de alta está S1Q.
  • Repare que em seu interior o padrão é formado de duas borboletas de alta consecutivas, fato que é comum nesse padrão e também muito bom para uma perspectiva de alta.
  • Temos portanto uma cunha descendente (altista) que em seu interior é acompanhada por um padrão de três movimentos de alta que por sua vez é formado por duas borboletas de alta consecutivas. Tudo isso acontecendo com divergência de alta no MACD e na regiao de S1Q. Tais fatos sugerem alguma alta para o médio prazo após área de 151,00 – 149,00 ser atingida, se ela for atingida é claro.
Figura 3 – Café Futuro (gráfico diário). Três movimentos de alta.

Figura 3 – Café Futuro (gráfico diário). Três movimentos de alta.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 4)
  • O ABCD mais rescente formado pelo mercado possui alvo na zona de 145,70. Essa região é muito próxima da forte área de suporte de 151,00 – 149,00 que foi discutida até aqui nas figuras anteriores.
  • Sendo assim, a perda sustentada da região de 151,00 – 145,00 indicaria fraqueza importante no mercado e abriria espaço para uma continuação vigorosa da queda.
Figura 4 – Café Futuro (gráfico diário). ABCD.

Figura 4 – Café Futuro (gráfico diário). ABCD.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DE INVESTIDORES ESTRANGEIROS
  • A análise desse gráfico evidencia aumento importante de posições compradas pelos estrangeiros e isso fala a favor de alta no médio prazo.
Figura 5 – Café Futuro (gráfico de investidores estrangeiros).

Figura 5 – Café Futuro (gráfico de investidores estrangeiros).

 

 

CAFÉ FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • O mercado aparenta estar formando padrões de reversão e isso sugere que haverá alta no médio prazo. A posição estrangeira corrobora com essa visão. Ainda, a análise do longo prazo também está em alinhamento com tal perspectiva.
  • A região de 151,00 – 145,00 tende a ser um suporte importante para o mercado. O café futuro tende  a fazer algum movimento de alta após atingir essa área, se ela for atingida é claro.
  • A perda sustentada da região de 151,00 – 145,00 indicaria fraqueza importante no mercado e abriria espaço para uma continuação vigorosa da queda.

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Café Futuro (café arábica 4/5) e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwitterredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =