Café Futuro: Análise do Médio Prazo 11/05/16

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • No longo prazo do café futuro a maior probabilidade é de alta, com alvo mínimo em 162,00. Sendo assim, espera-se que em algum momento o mercado inicie um movimento de alta no médio prazo, fato que já começou a ocorrer.
  • A maior chance é que o mercado se desenvolva nesse ABCD, que é o mesmo mostrado no gráfico semanal na análise do longo prazo.
Figura 1 – Café Futuro (gráfico diário). ABCD.

Figura 1 – Café Futuro (gráfico diário). ABCD.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • Podemos perceber sinais altistas no médio prazo que falam a favor de uma continuação da alta, corroborando com a análise do longo prazo:
    • impulso a partir do fundo
    • mercado rompeu acima da área de resistência K do diário sem respeitá-la
    • mercado acima de PM
    • mercado acima de R1S (não mostrado no gráfico)
  • Porém no momento o mercado encontra-se um resistência que é dada por: resistência principal de cinco oitavos, sobrecompra do diário e as proximidades de R1M. Isso sugere que algum movimento de baixa ocorra no curto prazo antes do mercado retomar o movimento de alta no médio prazo.
  • Temos também a formação de um padrão direcional que é o esticado baixista. Seu alvo mínimo é o destendenciado zero (ou a banda central do oscilador, em linha pontilhada).
  • O principal suporte a ser observado é á região de 149,00 – 147,50, que compreende a área de resistência K do diário que foi rompida e PM, ambos testados pelo lado oposto. Os suportes do intradiário também estão nessa mesma região (não mostrados no gráfico).
  • Também há um outro suporte na região de 146,00 – 145,50, não mostrado no gráfico pois está no gráfico intradiário. Também deve ser observado.
Figura 2 – Café Futuro (gráfico diário). Padrão esticado baixista e suportes.

Figura 2 – Café Futuro (gráfico diário). Padrão esticado baixista e suportes.

 

 

CAFÉ FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 3)
  • Também é importante ressaltar que o mercado rompeu acima de uma linha de tendência de baixa minoritária, o que é mais um sinal altista para o médio prazo.
Figura 3 – Café Futuro (gráfico diário). Linha de tendência de baixa rompida para cima.

Figura 3 – Café Futuro (gráfico diário). Linha de tendência de baixa rompida para cima.

 

 

CAFÉ FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • O mercado iniciou um movimento de alta no médio prazo, fato que corrobora com a expectativa de alta no longo prazo. Existem sinais de que a alta no médio prazo irá continuar.
  • No momento o mercado está em região de resistência e isso sugere que algum movimento de baixa (retração) ocorra antes da alta no médio prazo continuar.
  • Os principais suportes a serem observados são:
    • 149,00 – 147,50
    • 146,00 – 145,50
  • O ponto de invalidação do cenário de alta no médio prazo fica na perda de 130,00.

 

CAFÉ FUTURO – VÍDEO ANÁLISE

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Café Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwitterredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 15 =