Dólar Futuro: Análise do Médio Prazo 06/07/15

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • O dólar futuro encontra-se dentro de um canal de alta. Enquato o mercado permanecer dentro dele existe expectativa de alta para o médio prazo.
  • A perda da borda inferior do canal de alta seria um sinal negativo para o mercado.
  • Repare que o canal foi rompido para cima em março/2015 e que o mercado atingiu precisamente o alvo de duplicação do canal. Agora está operando novamente dentro do canal original.
Figura 1 – Dólar Futuro (gráfico diário). Canal de alta.

Figura 1 – Dólar Futuro (gráfico diário). Canal de alta.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • O mercado pode estar formando uma borboleta de baixa com alvo de 1.272 na região de 3.450.
  • A permanência do dólar dentro do canal mostrado na Figura 1 corrobora para a formação dessa borboleta.
  • Repare que R1Q está próximo ao alvo da borboleta.
  • O ponto de invalidação dessa borboleta de baixa seria  em 2.885. Enquanto o mercado permanecer acima disso existe a possiblidade dessa borboleta ser formada.
Figura 2 – Dólar Futuro (gráfico diário). Borboleta de baixa.

Figura 2 – Dólar Futuro (gráfico diário). Borboleta de baixa.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 3)
  • Se o mercado realmente tiver intenção de alta pode ser formado o ABCD a seguir.
  • Seu alvo principal é em 3.400, sendo muito próximo ao alvo da borboleta de baixa e também de R1Q.
Figura 3 – Dólar Futuro (gráfico diário). ABCD em movimento de alta.

Figura 3 – Dólar Futuro (gráfico diário). ABCD em movimento de alta.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 4)
  • Existe também a possibilidade do dólar futuro fazer um triplo dois de alta. Seu alvo seria na zona de 2.990 – 2960.
  • Perceba que PQ está muito próximo dessa faixa.
  • A formação desse possível triplo dois não invalidaria a borboleta de baixa e apenas retardaria o seu desenvolvimento, deixando-a mais larga e portanto melhor visível no gráfico semanal. Atualmente a borboleta já está bem visível no gráfico semanal mas como a última análise do longo prazo permanece válida estamos abordando essa borboleta primeiramente aqui na análise do médio prazo.
Figura 4 – Dólar Futuro (gráfico diário). Triplo dois de alta.

Figura 4 – Dólar Futuro (gráfico diário). Triplo dois de alta.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DE 60min
  • Em caso de alguma retração teremos o primeiro suporte em 3.135 – 3.125 compreendido por uma concordância entre a área K e o alvo minoritário de um possível ABCD.
  • O segundo suporte seria na faixa de 3.100. Essa área contém em suas proximidades o alvo principal do ABCD, S1S e é praticamente uma concordância com o suporte de cinco oitavos de todo o último movimento de alta.
  • Pode acontecer uma retração até a região de 3.100 sem que isso invalide o cenário de alta para o médio prazo. Essa é a principal zona de suporte a ser observada.
  • A perda da região de 3.100 invalidaria o cenário de alta mais imediata e seria indicativo de que o mercado irá fazer o movimento de baixa do triplo dois de alta no médio prazo.
Figura 5 – Dólar Futuro (gráfico de 60min). Principais suportes.

Figura 5 – Dólar Futuro (gráfico de 60min). Principais suportes.

 

 

DÓLAR FUTURO – GRÁFICO DE INVESTIDORES ESTRANGEIROS
  • Podemos perceber que houve aumento significativo de posições vendidas no dólar futuro. Portanto qualquer alta como a que foi sugerida aqui deve ser vista com cautela, pondendo ser o final de um movimento maior de alta.
Figura 6 – Dólar Futuro (gráfico de investidores estrangeiros).

Figura 6 – Dólar Futuro (gráfico de investidores estrangeiros).

 

 

DÓLAR FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • O mercado pode estar desenvolvendo um movimento de alta tanto no médio quanto no longo prazo com alvo na região de 3.400 – 3.500.
  • Pode haver também primeiramente um movimento de baixa até a faixa de 2.990 – 2.960 sem que isso invalide um movimento de alta maior para o médio e longo prazos.
  • A perda sustentada de zona de 3.100 invalidaria o cenário de alta mais imediata e seria indicativo de que o mercado deve buscar a região de 2.990 – 2.960. Novamente, sem que isso invalide um movimento de alta maior para o médio e longo prazos.
  • O ponto de invalidação do movimento de alta para o médio e longo prazos seria apenas a perda de 2.885.
  • Tecnicamente falando essa seria a visão atual do dólar futuro, porém fatores fundamentalistas podem mudar drasticamente o movimento do mercado nos próximos dias. Estamos falando do referendo na Grécia que acontecerá em 05/07/15, fato que pode trazer consequências imprevisíveis para a economia mundial. Diferentemente do que tem sido exposto na mídia convencional isso pode afetar o mercado brasileiro de forma importante, produzindo grande volatilidade e desfazendo completamente a presente análise.

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Dólar Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 2 =