Milho Futuro: Análise do Médio Prazo 19/01/17

MILHO FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 1)
  • O milho futuro atingiu a sobrevenda do diário e fez isso justamente na região de alvos/suporte que vimos na análise do longo prazo.
  • Sendo assim, é esperado que algum movimento de alta aconteça em respeito a essa região e é justamente o que está acontecendo.
Figura 1 – Milho Futuro (gráfico diário). Sobrevenda do diário.

Figura 1 – Milho Futuro (gráfico diário). Sobrevenda do diário.

 

 

MILHO FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 2)
  • O mercado atingiu o MACD nesse pregão do dia 18-jan-2017 e isso pode fazer com que o ocorra a formação de um padrão agarrador de stop baixista. A mínina em 34,95 precisa ser perdida para acioná-lo.
  • Esse padrão pode desencadear a continuação do movimento de baixa até o próximo alvo do longo prazo.
Figura 2 – Milho Futuro (gráfico diário). Possibilidade de padrão agarrador de stop baixista.

Figura 2 – Milho Futuro (gráfico diário). Possibilidade de padrão agarrador de stop baixista.

 

 

MILHO FUTURO – GRÁFICO DIÁRIO (parte 3)
  • Perceba que o mercado formou um impulso abaixo da três por três que é adequado para a formação de padrões direcionais.
  • Dois fechamentos já ocorreram acima da três por três. Se o mercado atingir o Nodo de Fibo em 36,15 pode haver a formação do padrão pão com manteiga de baixa. Esse padrão pode também ser um desencadeante para a continuação do movimento de baixa até o próximo alvo do longo prazo.
  • Caso nenhum dos dois padrões mencionados seja formado e o mercado continue subindo, as próximas resistências serão:
    • 37,40 – 37,75: essa região compreende a área de resistência K do diário. Se rompida para cima será um primeiro sinal de alerta indicativo de que o movimento de baixa está perdendo força. O ideal seria que o movimento de alta acontecese até no máximo essa área.
    • 39,20 – 40,20: uma importante resistência de cinco oitavos juntamente com PQ (não mostrado no gráfico).
Figura 3 – Milho Futuro (gráfico diário). Principais resistências e possibilidade de pão com manteiga de baixa.

Figura 3 – Milho Futuro (gráfico diário). Principais resistências e possibilidade de pão com manteiga de baixa.

 

 

MILHO FUTURO – CONCLUSÃO DO MÉDIO PRAZO
  • O mercado encontra-se fazendo um movimento de alta que no presente momento é classificado como retração. Essa classificação é dada pois existe expectativa de continuação da queda na análise do longo prazo.
  • O sentimendo do mercado no médio prazo na verdade é neutro pois não sabemos onde esse movimento de alta irá terminar, se é que ele vai terminar, é claro.
  • As principais resistências a serem observadas são: 36,15; 37,40 – 37,75 e 39,20 – 40,20.
  • Um rompimento sustentado acima de 37,40 – 37,75 seria um primeiro sinal de alerta indicativo de que o movimento de baixa está perdendo força.
  • É necessário monitorar a possibilidade de ocorrência dos padrões mencionados pois podem se tornar desencadeantes da retomada da queda.

 

 

MILHO FUTURO – VÍDEO ANÁLISE

 

 

Para saber se essa análise permanece válida na data atual consulte o nosso Quadro de Análises Válidas.

Consulte informações sobre o Milho Futuro e outros contratos futuros na página oficial da BM&FBovespa.

 

Compartilhe essa postagem:

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 − um =